domingo, 20 de janeiro de 2013

Você quer?

Fazemos tantas coisas que as vezes esquecemos das marcas, sejam elas boas ou más. Fazemos tantas burrices que as vezes esquecemos de sorrir e agradecer por sermos o que queremos. Você não é o que quer? Então está esperando o que? Alguém morrer com os mesmos sintomas que você têm? Alguém morrer de desgosto? Eu aprendi que para vivermos bem temos que nos surpreender, sendo felizes, com vista grossa para a solidão. Você disse que pareço criança, que minhas palavras vão ao vento, mas mal sabe que é isso que quero ser, a criança, a sorridente, aquela que está te provocando até cair e realmente souber quem sou.
Fazemos tantas coisas, espalhamos papéis velhos sob a escrivaninha e separamos o que realmente importa, sua vida ou a minha? Não quero pensar nisso, quero a sua e a minha, em apenas uma vida só... não seria melhor, juntarmos o que você e eu queremos? Vem dançar em cima de papéis velhos, vamos fazer novas escrituras, novos caminhos, mas jura, fica comigo?

6 comentários:

Mariana Saldanha disse...

Flor, a sua entrevista já foi postada lá no blog! Dá lá uma conferida...
Link:modaetutorial.blogspot.com.br/2013/01/entrevista-com-larissa-ramalho.html
Beijos

Adriana Leandro disse...

Adorei o seu texto e o seu blog.
Estou seguindo. Bjus!!!

galerafashion.blogspot.com.br

Cah disse...

Que blog lindo!
Conheci por meio do blog Moda Passo a Passo.
Seguindo já!
Bjoo

Desabafos e Tutos

Ingrid Ramos disse...

Adoreio blog seguindo, !
segue lá
http://coresaoreverso.blogspot.com.br/ bjs

Camila disse...

Amei seu texto! Você escreve muito bem!

Obrigada pela sua opinião lá no blog.
Beijos,
Camila
Mundorosaachock.blogspot.com

Karol disse...

Estou passando por isso :c

Tem post novo no blog, se puder dar uma olhada: http://cadaversomeu.blogspot.com.br/ (;